30 de novembro de 2012



"Ele não te vai pedir desculpas, talvez nem fale contigo. Não se vai arrepender de nada que fez, e nem reconhecer que errou. Não vai perceber que está a perder-te aos poucos, ou que já perdeu. Não vai pedir para que tudo volte a ser como era antes, ele está feliz assim. Não vai dizer aos amigos que sente a tua falta ou algo parecido, e nem se lembra de ti ao ouvir uma música. Ele não vai passar noites acordado a pensar que até podia ter dado certo, nem vai ficar a imaginar um futuro a teu lado. Não vai sentir ciúmes ao ver conversar com outro rapaz, e com toda a certeza do mundo, que ele não vai andar a tentar saber coisas sobre ti. Ele não vai entender que fez a maior asneira da vida dele, nem sequer se vai lamentar por ter perdido a pessoa que o fazia sorrir. Ele não vai chorar, nem sofrer e muito menos morrer de amor. Não vai dar justificações do porquê de tudo ter acabado, nem vai querer saber o que tu pensas disso, muito menos de como reagiste a tudo isto. Ele não vai sorrir ao passar por ti na rua, e se te vir, não vai ficar a pensar em ti o resto do dia. Ele não vai correr atrás de ninguém, e provavelmente, quando menos esperares vais vê-lo com outra. Ele não te vai amar, isto é, se algum dia o chegou a fazer."

1 comentário:

mst disse...

Assim é melhor :D

.