28 de agosto de 2011



O sexo virou uma brincadeira. O abraço é uma desculpa para se aproveitarem. Beijar na boca virou disputa. As alianças vão para o bolso. Elogiar é chamar de “boa”. O namoro virou curte. Amor é perda de tempo.
Cada vez mais o ser humano perde-se em coisas simples, e transforma o que deveria ser puro e bonito, em algo sujo, feio, sem graça e sem nenhum valor.

3 comentários:

anacatarina disse...

concordo perfeitamente, embora seja muito triste ..

Rita Mendes disse...

Pois é amor ! -.-

catarina ferreira disse...

vou seguir o teu blog, segues também o meu ?:$

.