30 de agosto de 2011


As vezes ainda me pergunto como aguento x:
Talvez seja por te amar tanto e não te querer perder!
.